RECEBA AS NOSSAS NEWSLETTERS

Geral

Fotografia

Trekking e montanha

Aventura

tel: +351 218 452 689
geral@papa-leguas.com

ENCONTRE A SUA VIAGEM

...apenas viagens novas

por palavra-chave

pesquisa avançada »

QUANDO E ONDE

| viagens | actividades |

consulte o nosso calendário geral:

Home » Fotografia » Ásia » Índia » Expedição fotográfica - Ladakh pelo olhar de Lisa Vaz


Expedição fotográfica - Ladakh pelo olhar de Lisa Vaz


Uma expedição fotográfica pelo tecto do mundo. 15 dias de viagem. Festival de Hemis. Alojamento em tendas e hoteis.

DESTAQUES
A cidade capital de Leh
Mosteiro e festival de Hemis
Mosteiro de Thiksay
Lago de Tsomoriri

“... it’s not the destination but the journey that matters”
 
Venha connosco participar  nesta extraordinária expedição cultural e fotográfica que o vai levar para além da cordilheira dos  Himalaias e até ao extremo norte da India, a  Ladakh. Terá a possibilidade de vivenciar a cultura Budista, visitar os palácios e mosteiros mais emblemáticos  desta região remota da India e de assistir ainda a  uma celebração única,  o colorido  festival Hemis.
 
Ladakh também é conhecida como “The Land of High Passes” tendo com  a sua capital Leh, desempenhado um papel de relevo numa das Rotas das Seda que por aqui passavam. Os povos que  aqui habitam, são na sua larga  maioria Indo-Arianos e de origem Tibetana, e apenas por circunstâncias políticas são “indianos”. A sua Língua, cultura, gastronomia e aparência física são únicas e totalmente distintas dos restantes povos do sub-continente indiano.
 
Esta é assim uma viagem de descoberta de uma das muitas faces de uma India multi-cultural, de paisagens deslumbrantes do planalto para lá dos Himalaias, das passagens rodoviárias de montanha mais altas do Planeta, permitindo ainda vislumbrar outra cadeia montanhosa extraordinária a partir do Vale do Nubra, o Karakoram.
 
Terá a possibilidade de visitar e fotografar locais de uma beleza sublime como o Vale de Shyok com os seus mosteiros budistas, as dunas de Nubra com os seus camelos bactrianos, os Lagos esmeralda de Pangong e Tsomoriri além de poder visitar as aldeias de Korzok, Lamayuru e Dha Hanu, e os povos que aí habitam.
 
O Festival Hemis Tsechu: o Hemis Gompa (mosteiro budista) é o maior e mais abastado dos mosteiros budistas da região e palco de um festival extraordinário com 300 anos de história. Este evento anual celebra o nascimento de Padmasambhava, o fundador do Budismo Tibetano. Os povos locais assistem às celebrações adornados  nos seus coloridos trajes tradicionais enquanto os Lamas ( líderes espirituais) executam as “Chaam”, danças rituais em que envergam as máscaras das personagens que interpretam. Estes rituais são uma  componente fundamental da tradição tântrica e apenas podem ser praticadas nos mosteiros que pratiquem o Vajrayana, versão do Budismo Tântrico.
 
Trata-se de um dos mais extraordinários festivais do género, que não quererá perder!

INCLUI (leia com atenção os itens que estão incluídos na sua viagem)
EXCLUI (leia com atenção os itens que não estão incluídos na sua viagem)
Veja mais
  e partilhe

Testemunhos

 
Sem resultados
 
O seu nome *:
O seu e-mail *:
O nome do seu amigo*:
O e-mail do seu amigo*:

* campo obrigatorio