pt-pten +351 21 845 26 89 / 90 geral@papa-leguas.com
+351 21 845 26 89 / 90 geral@papa-leguas.com

Etiópia de Norte a Sul - Viagem Exploratória com Carla Henriques

Desde 2.995
Voos não incluídos
Suplemento individual hotel
200
Tramitação e visto Etiópia
122
Disponibilidade
Início
Fim
Estado
Sexta01 Nov, 2024
Sábado16 Nov, 2024
disponivel2.995,0
Extensões
Depressão de Danakil
660
Inscreva-se
Pergunte-nos
Pagar um sinal de 30% por viagem
Condições Particulares Condições Gerais
Etiópia grupo tribo dança

Etiópia de Norte a Sul – Viagem Exploratória com Carla Henriques


Condições Gerais

O presente programa / catálogo online é o documento informativo no qual se inserem as presentes condições gerais, dele fazendo parte integrante e que constituem, na ausência de documento autónomo o contrato de viagem.
 
A presente informação é vinculativa para a agência salvo alguma das presentes condições:
  1. Se as alterações nas seguintes condições tenham sido comunicadas claramente por escrito ao cliente antes da celebração do contrato e as mesmas estejam devidamente previstas no programa;
  2. Quaisquer alterações posteriores à celebração do contrato dependem de acordo prévio das partes, salvo o previsto na cláusula “impossibilidade de cumprimento”.
As presentes condições gerais obedecem ao disposto no Decreto-lei 61/2011 de 06 de Maio, com a alteração que foi introduzida pelo Decreto-lei 199/2012 de 24 de Agosto.
 
As Condições Gerais cujo objeto seja uma viagem organizada constante do presente programa e as condições particulares que constam da documentação de viagem facultada ao cliente no momento de reserva da viagem consubstanciam o contrato de viagem que vincula as partes.

1. ORGANIZAÇÃO

A organização técnica e venda das viagens incluídas no presente site é da responsabilidade da Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda, com sede na Rua Manuel Assunção Mestre, nº22,  7780-199 Castro Verde, matriculada na conservatoria do Registo Comercial de Lisboa e com Contribuinte Fiscal nº 504163590, com o capital social realizado de 99.759,60€ (noventa e nove mil, setecentos e cinquenta e nove euros e sessenta cêntimos), e com o registo  RNAVT nº 2275 e RNAAT nº 67/2014.

2. INSCRIÇÕES

No acto da inscrição o cliente deverá depositar 30 % do preço do serviço, liquidando os restantes 70% até 21 dias antes do início do serviço. Se a inscrição tiver lugar a 21 dias ou menos da data do início do serviço, o preço total do mesmo deverá ser paga no acto da inscrição. A Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda reserva-se o direito de anular qualquer inscrição cujo pagamento não tenha sido efectuado nas condições acima mencionadas. As reservas encontram-se condicionadas à obtenção da parte dos fornecedores da confirmação de todos os serviços.

Os preços das viagens são apresentados por pessoa e tendo por base a ocupação em quarto partilhado por duas pessoas. A agência organizadora agrupará aos pares, por sexo, e por ordem cronológica de inscrição os Clientes que se inscreverem individualmente para a mesma viagem. O Cliente que ficar isolado deverá pagar o suplemento individual respetivo, sempre que exigido pelo prestador de serviços.

INFORMAÇÃO AO ABRIGO DA LEI N.º 144/2015 DE 8 DE SETEMBRO:

Nos termos da Lei n.º 144/2015 de 8 de Setembro informamos que o Cliente poderá recorrer às seguintes Entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo:

i) Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo in www.provedorapavt.com;

ii) Comissão Arbitral do Turismo de Portugal in www.turismodeportugal.pt

iii) ou a qualquer uma das entidades devidamente indicadas na lista disponibilizada pela Direcção Geral
do Consumidor in http://www.consumidor.pt cuja consulta desde já aconselhamos.

3. RECLAMAÇÕES

As reclamações apenas poderão ser consideradas desde que apresentadas por escrito à agência no prazo máximo de 30 dias após o termo da prestação dos serviços.

Em caso de reclamação por incumprimento dos serviços contratados poderá o cliente accionar o Fundo de Garantia de viagens e Turismo previsto nos termos no DL 61/2011 de 06 de Maio na sua redacção actual, devendo para isso apresentar a respectiva reclamação:

i) Junto do Provedor do Cliente pois a Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda. é aderente ao Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo in www.provedorapavt.com. Para usufruir deste serviço deverá no prazo de 20 dias úteis após o fim da viagem apresentar a sua reclamação por escrito. As agências estão vinculadas ao pontual cumprimento da decisão que venha a ser emitida por tal entidade.

ii) Junto do Turismo de Portugal I.P in www.turismodeportugal.pt no prazo de 30 dias após : (i) o termo da viagem; (ii) o cancelamento da viagem imputável à agência; (iii) a data de conhecimento da impossibilidade da sua realização por facto imputável à agência; (iv) o encerramento do estabelecimento.

iii) Junto de qualquer uma das entidades constantes do site da Direcção Geral do Consumidor in http://www.consumidor.pt

4. BAGAGEM

1) A agência é responsável pela bagagem nos termos legais;

2) O cliente tem obrigação de reclamar junto da entidade prestadora dos serviços no momento de subtracção, deterioração ou destruição de bagagem.

3) No transporte internacional, em caso de dano na bagagem, a reclamação deverá ser feita por escrito ao transportador imediatamente após a verificação do dano, e no máximo 7 dias a contar da sua entrega. Estando em caso o mero atraso na entrega da bagagem a reclamação deverá ser feita dentro de 21 dias a contar da data de entrega da mesma.

4) A apresentação de tal reclamação será fundamento essencial para o accionamento da responsabilidade da Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda sobre a entidade prestadora do serviço.

5. LIMITES

A responsabilidade da agência terá como limite o montante máximo exigível às entidades prestadoras dos serviços, nos termos da Convenção de Montreal, de 28 de Maio de 1999, sobre Transporte Aéreo Internacional, e da Convenção de Berna, de 1961, sobre Transporte Ferroviário.

No que concerne aos transportes marítimos, a responsabilidade das agências de viagens, relativamente aos seus clientes, pela prestação de serviços de transporte, ou alojamento, quando for caso disso, por empresas de transportes marítimos, no caso de danos resultantes de dolo ou negligência destas, terá como limites os seguintes montantes:

a) € 441.436, em caso de morte ou danos corporais;

b) € 7.881, em caso de perda total ou parcial de bagagem ou da sua danificação;

c) € 31.424, em caso de perda de veículo automóvel, incluindo a bagagem nele contida;

d) € 10.375, em caso de perda de bagagem, acompanhada ou não, contida em veículo automóvel;

e) € 1.097, por danos na bagagem, em resultado da danificação do veículo automóvel.

Quando exista, a responsabilidade das agências de viagens e turismo pela deterioração, destruição e subtracção de bagagens ou outros artigos, em estabelecimentos de alojamento turístico, enquanto o cliente aí se encontrar alojado, tem como limites:

a) € 1.397, globalmente;

b) € 449 por artigo;

c) O valor declarado pelo cliente, quanto aos artigos depositados à guarda do estabelecimento de alojamento turístico.

A responsabilidade da agência por danos não corporais poderá ser contratualmente limitada ao valor correspondente a cinco vezes o preço do serviço vendido.

6. DESPESAS DE RESERVA

Por cada reserva serão cobradas as seguintes verbas:

Despesas de Reserva :

  • Portugal: 30€ (trinta euros);
  • Restantes Países: 50€ (cinquenta euros).

(valores não reembolsáveis)

Despesas de Alterações:

Por cada alteração (nomes, datas, tipo de apartamento ou quarto, viagem, etc) : 50€ (cinquenta euros). Salientamos que a aceitação de tais alterações depende de aceitação por parte dos respectivos fornecedores

7. DOCUMENTAÇÃO

O cliente deverá possuir em boa ordem a sua documentação pessoal ou familiar, (bilhete de identidade, documentação militar, autorização para menores, vistos, certificado de vacinas e outros eventualmente exigidos). A agência declina qualquer responsabilidade pela recusa de concessão de vistos ou a não permissão de entrada ao cliente em país estrangeiro; sendo ainda da conta do cliente todo e qualquer custo que tal situação acarretar.

Viagens na União Europeia:

  • Os clientes (independente da idade) que se desloquem dentro da União Europeia deverão ser possuidores do respectivo documento de identificação civil (passaporte; B.I, Cartão do Cidadão);
  • Para obtenção de assistência médica devem ser portadores do respectivo Cartão Europeu do Seguro de Doença ;
  • Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem.

Viagens fora da União Europeia:

  • Os clientes (independente da idade) que se desloquem deverão ser possuidores do respectivo documento de identificação civil (passaporte) bem como do visto se necessário (obtenha tal informação junto da agência no momento da reserva) ;
  • Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem.
8. MUDANÇAS

Caso os fornecedores da viagem em causa permitam, sempre que um cliente, inscrito para uma determinada viagem, desejar mudar a sua inscrição para uma outra viagem ou para a mesma com partida em data diferente, ou outra eventual alteração, deverá pagar a taxa, como despesas de alteração. Contudo, quando a mudança tiver lugar com 21 dias ou menos de antecedência em relação à data da partida da viagem, para a qual o cliente se encontra inscrito, ou se os fornecedores de serviços não aceitarem a alteração, fica sujeito às despesas e encargos previstos na rubrica “desistência (rescisão)”.

Após iniciada a viagem, se solicitada a alteração dos serviços contratados por motivos não imputáveis à agência (ex. ampliação das noites de estadia, alteração de voo) os preços dos serviços turísticos poderão não corresponder aos publicados no site que motivou a contratação.

9. CESSÃO DA INSCRIÇÃO (POSIÇÃO CONTRATUAL)

O cliente pode ceder a sua inscrição, fazendo-se substituir por outra pessoa que preencha todas as condições requeridas para a viagem, desde que informe a agência vendedora com pelo menos sete dias de antecedência e que tal cessão seja possível nos termos dos regulamentos de transporte aéreos aplicáveis. Em caso de cruzeiros e viagens aéreas o prazo previsto será de quinze dias de antecedência.

A cessão da inscrição responsabiliza solidariamente cedente e cessionário pelo pagamento do preço viagem e pelos encargos adicionais originados.

10. ALTERAÇÕES

Sempre que existam razões alheias que o justifiquem, a agência organizadora poderá alterar a ordem dos percursos, modificar as horas de partida ou substituir qualquer dos hotéis previstos por outros de categoria e localização similar, devendo informar o cliente da tal alteração, logo que dela tenha conhecimento.

11. ANULAÇÕES DO PROGRAMA PELA AGÊNCIA

Quando a viagem esteja dependente de um número mínimo de participantes a Agência reserva-se o direito de cancelar a viagem organizada caso o número de participantes alcançado seja inferior ao mínimo. Nestes casos, o cliente será informado por escrito do cancelamento no prazo de 15 (quinze) dias.

12. ALTERAÇÃO AO PREÇO

Os preços constantes do programa estão baseados nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data de impressão deste programa, pelo que estão sujeitos a alterações que resultem de variações no custo dos transportes ou do combustível, de direitos, impostos, taxas e flutuações cambiais até 20 dias antes da data de viagem.

13. REEMBOLSOS

Depois de iniciada a viagem não é devido qualquer reembolso por serviços não utilizados pelo cliente por motivos de força maior ou por causa imputável ao cliente, salvo reembolso pelos respectivos fornecedores. A não prestação de serviços previstos no programa de viagem por causas imputáveis à agência organizadora e caso não seja possível a substituição por outros equivalentes, confere ao cliente o direito a ser reembolsado pela diferença entre o preço dos serviços previstos e o dos efectivamente prestados.

14. IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO

Se previamente ao inicio da viagem e por factos não imputáveis à agência organizadora esta vier a ficar impossibilitada de cumprir algum serviço essencial constante do programa de viagem, tem o cliente direito a desistir da viagem, sendo imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas ou, em alternativa, aceitar uma alteração e eventual variação de preço.

Se os referidos factos não imputáveis à agência organizadora vierem a determinar a anulação da viagem, pode o cliente ainda optar por participar numa outra viagem organizada de preço equivalente. Se a viagem organizada proposta em substituição for de preço inferior, será o cliente reembolsado da respectiva diferença.

15. DESISTÊNCIA (RESCISÃO)

O Cliente ou algum dos seus acompanhantes é livre de desistir da viagem a todo o tempo.

i) Tal cancelamento implica que o mesmo seja responsável pelo pagamento de todos os encargos a que o início do cumprimento do contrato e a sua desistência dêem lugar e ainda por uma percentagem que pode ir até 15% do preço da viagem.

ii) Quando seja caso disso, o cliente será reembolsado pela diferença entre a quantia paga e os montantes acima referidos.

iii) O cancelamento de serviços de viagem / viagens organizadas cuja reserva tenha sido efectuada utilizando como forma de pagamento o vale emitido ao abrigo do Decreto-lei n.º 17/2020 de 23 de Abril está sujeito a uma taxa de rescisão de valor igual ao preço do serviço, de forma a evitar reservas simuladas ou fraudulentas feitas apenas com o intuito de antecipar o recebimento dos valores titulados pelo vale.

16. CANCELAMENTO

Se por facto não imputável ao cliente, a agencia tiver de cancelar a viagem organizada antes da data de partida, o cliente pode optar por:

i) Ser imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas, ou

ii) Em alternativa, optar por participar numa outra viagem organizada, sendo reembolsado da eventual diferença de preço que possa existir;

17. RESPONSABILIDADE

A responsabilidade da agência organizadora das viagens constantes deste programa e emergentes das obrigações assumidas, encontra-se garantida por um seguro de responsabilidade civil na Companhia de seguros Fidelidade, com a apólice n.º 9257343, no montante de 75.000€ (Setenta e cinco mil euros) nos termos da legislação em vigor.

18. IVA

Os preços mencionados neste programa reflectem já o Imposto de Valor Acrescentado à taxa actual de 23%.

19. VALIDADE

Este programa é válido de 01/01/2024 a 31/12/2024.

20. NOTAS
  • As restantes condições especiais estarão incluídas na página de cada destino e viagem em concreto- condições particulares – e que fazem parte do contrato de viagem.
  • As presentes condições gerais poderão ser complementadas por quaisquer outras específicas desde que devidamente acordadas pelas partes.
  • Os preços dos programas estão baseados na cotização média do dólar pelo que qualquer derivação relevante desta moeda poderá implicar uma revisão dos preços da viagem nos termos constantes da cláusula “alteração de preço”.
  • Devido ás constantes alterações do preço dos combustíveis sobre os preços praticados poderá haver alteração do suplemento de combustível inserido no preço nos termos constantes da cláusula “alteração de preço”.
  • As categorias dos hotéis apresentados nesta brochura seguem as normas de qualidade do pais de acolhimento, podendo os mesmos ser alterados por outros similares quando por motivos alheios à agência não seja possível manter ou confirmar a reserva existente, obrigando-se a agência a informar o cliente logo que de tal tenha conhecimento.
21. INFORMAÇÕES GERAIS

Horas de chegada ou partida:

As horas de partida e de chegada estão indicadas na hora local do respectivo pais e de acordo com horários das respectivas companhias aérea à data de impressão deste programa, podendo por isso ser sujeitas a alteração.

Hotéis / Apartamentos:

Apartamentos - No caso do alojamento ser contratado em apartamento é da responsabilidade do cliente a informação do número de pessoas que irão ocupar o apartamento. No caso de se apresentarem mais pessoas que as reservadas, os apartamentos poderão recusar a entradas.
Hotéis- O preço apresentado é por pessoa e estão baseados numa ocupação dupla. Nem todos os hotéis dispõem de quarto triplo sendo por norma colocada uma cama extra que pode não ser de idêntica qualidade. Nos quartos equipados com duas camas ou casal, o triplo pode ser constituído apenas por aquelas camas.

A relação dos hotéis e apartamentos constantes dos programa é indicativa assim como a sua categoria que respeita a critérios e classificações locais cujos critérios por vezes são distintos dos utilizados em Portugal.

Refeições:

Salvo indicações em contrário, os preços apresentados para os suplementos de Meia Pensão e Pensão Completa não incluem bebidas.

Nas chegadas ao hotel após a 19h o primeiro serviço de refeição será o pequeno-almoço do dia seguinte, no ultimo dia e salvo possibilidade de late check-out, o ultimo serviço do hotel será o pequeno-almoço.

Horários de entrada e saída:

As horas e entrada e saída no primeiro e último dia, serão definidas em função do primeiro e ultimo serviço. Em regra, sem carácter vinculativo os quartos podem ser utilizados a partir das 14h do dia de chegada e deverão ser deixados livres até as 12h do dia de saída.

Nos apartamentos a entrada verifica-se geralmente pelas 17h do dia de chegada e deverão ser deixados livres até as 10h do dia de saída.

Condições especiais para crianças:

Dada a diversidade de condições aplicadas às crianças (destino e fornecedor) recomenda-se questionar sempre as condições especiais que porventura sejam aplicadas à viagem em causa.

Seguro:

A agência disponibiliza a venda de seguros que poderão ser adquiridos em função da viagem para garantia de situações de assistência e despesas de cancelamento.

O limite máximo de idade, para o seguro é de 75 anos.

Etiópia grupo tribo dança

Etiópia de Norte a Sul – Viagem Exploratória com Carla Henriques


Condições Particulares

Uma viagem exploratória/prospeção define-se como uma primeira viagem a um novo destino, com grupo muito pequeno, acompanhado de líder de viagem. Apesar de já existir um programa base, a viagem serve como teste.

Assim sendo, há que ter em conta que:

– há pontos do itinerário que podem não ser cumpridos, seja por falta de tempo pelo programa ser demasiado ambicioso, seja porque surge alguma actividade, evento, experiência ou destino mais interessante que se decida visitar;
– vamos tentar obter sempre o mínimo de conforto nos hotéis onde vamos dormir, mas não os conhecemos. Podem surgir surpresas menos agradáveis, e podemos ter que alterar hotéis, seja por condições, seja por mudanças de itinerário;
– a viagem poderá bastante cansativa, pelo ritmo de viagem que tenderá a ser mais acelerado.

Transferes
Para esta viagem a Papa-Léguas estipula um “voo de grupo”. Para os viajantes que tiverem o “voo de grupo” (quer comprado através da Papa-Léguas, quer online), os transferes estão incluídos.
Quem chegar num horário diferente do “voo de grupo”, poderá solicitar à Papa-Léguas um transfere extra.

Líder da viagem
Esta é uma viagem de aventura e descoberta cultural. Quem lidera esta viagem é uma pessoa com experiencia no país a visitar, tendo uma rede de contactos e de conhecimentos que facilita uma interação e uma experiencia cultural que se quer única. A sua missão é liderar o grupo durante todo o percurso facilitando a interação e a integração do grupo com os locais a visitar.
O papel do líder da viagem não deverá ser nunca confundido com o de guia turístico. Não são exigidos ao líder de viagem conhecimentos específicos sobre monumentos, museus ou outros locais de interesse turístico.
Caso a sua viagem inclua locais que pela sua complexidade histórica, geológica, biológica ou artística necessitem de um guia, o mesmo será previamente contratado e haverá uma referência explícita à sua existência no programa da sua viagem.

O visto da Etiópia trata-se online https://www.evisa.gov.et/visa/apply

Grupo Whatsapp
A um mês da saida da viagem, a Papa-Léguas criará um grupo de whatsapp para que a interacção entre os viajnates e o lider se faça de forma simples e fluida. Quem não concordar com esta acção por favor informe-nos.

A Extensão “Depressão Denakil” confirma-se com um grupo minimo de 4 pessoas.

Líder da viagem

Carla Henriques

Líder de viagens

Há pessoas que viajam o mundo num ano, eu decidi viajar com calma, em cada país que visitei tentei absorver o melhor possível a cultura, a história, modos de vida, provar comida e bebida, fazer amigos e ajudar sempre que havia oportunidade. E é isto mesmo que me atrai nas viagens, sair da minha zona de conforto, a novidade, aprendizagem, a liberdade, as paisagens, os cheiros, as pessoas, no final o peso da mochila compensa a leveza da alma.

Saber mais >

Estamos a preparar o seu programa de viagem.
Aguarde por favor...

Tem uma questão?

Não hesite em nos ligar. Dispomos uma equipa especializada e teremos todo o gosto em falar consigo.

+351 21 845 26 89 / 90

geral@papa-leguas.com

Detalhes da viagem
  • Conforto
  • Dificuldade
  • Duração 16 dias
  • Inscrições 4 - 7 pessoas
  • Idade 12 - 65
  • Tipo de viagem Descoberta, Líder de viagem
  • Destinos Etiópia
  • Alojamento Hotel, Tenda

A Etiópia é um destino sui generis. Visitá-lo, é uma imersão ao mais díspar dos países africanos.

A origem da Humanidade e a porta de entrada do Cristianismo no continente africano, são apenas magníficos exemplos da diversidade cultural e religiosa na Etiópia, que com uma natureza selvagem e uma riqueza antropológica imensa, surpreende qualquer viajante.

Ao embarcar nesta viagem, irá percorrer a grandiosa rota da Abissínia, mergulhando nas raízes do país e absorvendo a sua história enquanto explora o presente.

Começamos por conhecer a região Norte, explorando as capitais do antigo Império Axumita, como Gondar, a chamada «Camelot Africana» ou Bahar Dar (a região onde nasce o Nilo Azul e o imenso Lago tana). Ainda temos uns dias de caminhada pelo Parque Nacional das Montanhas Simien, situado a mais de 3 mil metros de altitude, com lindíssimas paisagens e habitat dos babuínos gelada, entre outros animais endémicos. O ponto culminante da região Norte é Lalibela, com as suas igrejas escavadas na rocha e classificadas como património da Humanidade devido à sua singularidade e beleza.

Não menos interessante, é a região Sul do país. Na segunda parte da viagem, vamos navegar pela vale de Omo e contatar com aldeias e tribos de várias etnias como os Karo, os Arbore ou Dasanech. É uma experiência imersiva que nos vamos permitir conectar com tradições e culturas ancestrais da Etiópia.

Venha nesta viagem única de prospeção com a líder de viagem Carla Henriques. É uma viagem exploratória, onde vamos descobrir e aprender o máximo possível sobre a Etiópia, não só com os pontos atrativos mais comuns, mas através de experiências inéditas.

Porque esta viagem é imperdível?
  • Conhecer Harar, antiga cidade murada listada como Património Mundial pela UNESCO;
  • Visitar diferentes aldeias de tribos do Vale de Omo, como Hamer, Karo e Arbore;
  • Passeio de barco no lago Chamo;
  • Caminhadas no Parque Nacional de Bale e observação de vida selvagem;
  • Magnifica cidade de Lalibela e as suas igrejas monolíticas;

Incluido

  • Acompanhamento de líder de viagem português da Papa-Léguas;
  • Acompanhamento de guias e condutores locais;
  • 3 voos internos (voo para Dire Dawa, Jinka e Lalibela);
  • Transferes de e para o aeroporto, no país a visitar;
  • Todos os transportes de acordo com itinerário, em mini van e jeep 4x4;
  • 13 Pequenos-almoços, 1 almoço e 1 jantar;
  • Alojamento em hotel, em quarto duplo ou twin;
  • Entradas nos monumentos a visitar;
  • Seguro e assistência em viagem.

Extensão: Depressão de Danakil

  • Acompanhamento de líder de viagem português da Papa-Léguas;
  • Acompanhamento de guias e condutores locais;
  • voos internos;
  • Transferes de e para o aeroporto, no país a visitar;
  • Todos os transportes de acordo com itinerário, em jeep 4x4;
  • 2 Pequenos-almoços, 2 almoços, 2 jantares;
  • Alojamento em hotel, em quarto duplo ou twin;
  • Entradas nos monumentos a visitar;
  • Seguro e assistência em viagem.

Excluido

  • Voos internacionais com taxas de aeroporto;
  • Visto de entrada no país (visto com custo de 82 usd);
  • Pagamento para registo fotográfico e videográfico nas tribos (400ETB/pax/tribo);
  • Despesas de carácter pessoal (cartão internet, lavandaria, etc);
  • Todas as atividades e visitas opcionais;
  • Qualquer tipo de gratificação (recomendado aos guias e equipas locais);
  • Qualquer item não mencionado como incluído.

Extensão: Depressão de Danakil

  • Voos internacionais com taxas de aeroporto;
  • Despesas de carácter pessoal (cartão internet, lavandaria, etc);
  • Todas as atividades e visitas opcionais;
  • Qualquer tipo de gratificação (recomendado aos guias e equipas locais);
  • Qualquer item não mencionado como incluído.
Mapa
Itinerário

Dia 1 Voo cidade de origem - Adis Abeba

Voo desde a cidade de origem com destino à cidade de Adis Abeba, a capital da Etiópia. Noite a bordo.

Alojamento: XRefeições: X
Conforto: Dificuldade:

Dia 2 Addis Abeba

Bem vindos à Etiópia! A líder de viagem irá estar à vossa espera no aeroporto com o transfere para vos levar até ao hotel.
Caso os quartos não estejam ainda disponíveis, podem deixar as malas para ir conhecer um pouco da cidade.

Addis Abeba, cujo nome significa "nova flor" em amárico, é uma cidade cosmopolita situada nas terras altas da Etiópia. Dependendo do tempo disponível, vamos visitar alguns dos locais emblemáticos como a Praça Meskel e o Museu Nacional da Etiópia, que abriga uma impressionante coleção de artefatos históricos, incluindo os restos do famoso esqueleto de Lucy, um dos fósseis mais antigos conhecidos de um ancestral humano.

Noite em Addis Abeba.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 3 Harar

De manhã cedo temos o nosso voo direto para Dire Dawa, para chegar à cidade de Harar, capital da região de Harari e antiga cidade murada listada como Património Mundial pela UNESCO.

Visitamos os mercados, as casas tradicionais, provamos deliciosas comidas e claro, o café. À noite vamos tentar encontrar o Homem Hiena, que segundo tradição local, é um guardião espiritual da cidade de Harar, que vive nas sombras e nas periferias da sociedade. A característica mais marcante do Homem Hiena é a sua relação íntima com as hienas que vagueiam pelas ruas estreitas e labirínticas de Harar durante a noite. Diz-se que ele é capaz de se comunicar com esses animais ferozes e até mesmo de convencê-los a realizar tarefas ou ações em benefício da comunidade.
Noite em Harar.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 4 Harar e regresso a Addis Ababa

O dia vai ser aproveitado para visitar mais alguns lugares icónicos de Harar, como a antiga casa do poeta francês Arthur Rimbaud, que viveu em Harar no final do século XIX. A casa foi transformada em um museu que mostra a vida e a obra de Rimbaud, oferecendo uma visão de sua época na Etiópia.

Da parte da tarde voltamos a Dire Dawa (2horas de viagem) para o nosso voo de regresso a Addis, onde passamos a noite.

Noite em Addis Abeba.

Alojamento: TendaRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 5 Jinka - Mursi - Turmi

De manhã seguimos novamente para o terminal de voos domésticos de Addis, desta vez com destino a Jinka, a porta de entrada do Vale de Omo.

Ao chegarmos, os jeeps e os condutores estarão à nossa espera e seguimos pelo Parque Nacional do Mago, até uma aldeia local da tribo Mursi. Os Mursi são conhecidos por suas placas no lábio inferior e no lóbulo das orelhas, e teremos a oportunidade de aprender sobre as atividades diárias da tribo. Após esta visita, retornamos a Jinka para almoçar e descansar um pouco antes de seguir viagem até Turmi (cerca de 2h30).

Noite em Turmi.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 6 Karo - Nyangatom

Começamos o dia com um passeio matinal até a vila da tribo Karo, conhecida pela pintura corporal e vistas deslumbrantes.
Depois de visitar a vila e entender seu quotidiano, seguimos até a vila da tribo Nyangatom. Regressamos ao final do dia a Turmi para descansar.
Noite em Turmi.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 7 Dassanech - Hamer

Hoje fazemos viagem até Omorate para visitar a tribo Dassanech.
Se a corrente do rio o permitir, cruzamos o rio Omo de barco local e entramos na aldeia da tribo Dassenech.
Regressamos a Turmi para almoçar, e à tarde vamos até a uma aldeia da tribo Hamer. Se em algum destes dias ocorrer a tradicional cerimónia de maioridade de Hamer, “Jumping of the Bulls”, podemos alterar os planos para haver oportunidade de assistir a um evento absolutamente único.

Dependendo das actividades e da vontade, é possível passar a noite com a tribo Hamer e ter um contacto mais próximo com as suas actividades e tradições. De manhã regressamos ao hotel para o pequeno-almoço.

Noite em Turmi.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 8 Arbore - Konso - Arba Minch

Vamos visitar a bela vila da tribo Arbore, e as mulheres com os seus lenços, e depois seguimos para Konso.
O povo Konso é conhecido por suas estátuas de madeira, as Wakas, consideradas sagradas pelos Konso e veneradas como representações dos seus antepassados e deidades espirituais. São entendidas como mediadoras entre o mundo dos vivos e o mundo espiritual dos antepassados. Os Konso acreditam que os espíritos dos antepassados residem nessas estátuas e podem interceder em assuntos importantes da comunidade.

Depois seguimos viagem durante mais 2 horas até Arba Minch, onde passamos a noite.

Noite em Arba Minch.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 9 Dorze - Hawassa

Que melhor maneira de começar o dia, senão com um passeio de barco.
Percorremos o lago Chamo, lar de uma grande variedade de animais, incluindo crocodilos do Nilo, hipopótamos, antílopes, babuínos e uma variedade de aves aquáticas.
Além disso, as margens do lago são adornadas por uma rica diversidade de vegetação, incluindo palmeiras, acácias e outras plantas típicas da região.
Para os amantes da natureza da Etiópia, o Lago Chamo oferece uma experiência memorável de imersão na beleza selvagem e intocada do país.

Depois seguimos para Hawassa e visitamos o mercado de peixe nas margens do lago Awassa. Se tivermos tempo, pelo caminho visitamos a vila de Dorze, conhecida por suas altas casas em forma de colmeia e sua fina tecelagem de algodão.

Noite em Hawassa.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 10 Hawassa - Montanhas Bale

Após o pequeno-almoço, seguimos para o Parque Nacional das Montanhas Bale, designado como uma Reserva de Biosfera pela UNESCO devido à sua importância ecológica e diversidade biológica. Menos popular que as montanhas Simien, mas não menos bonita, é um dos principais destinos para caminhadas e observação da vida selvagem.

Faremos uma curta caminhada por cerca de duas horas, para avistar diferentes espécies de vida selvagem, como o nyala da montanha, o "bushbuck bohor", o "reedbuck warthog" e outros animais da família de antílopes.

Noite em hotel no Parque Nacional.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 11 Parque Nacional das Montanhas Bale

As Montanhas Bale são verdadeiramente um tesouro natural e uma das joias da Etiópia.
Abrigam um ecossistema diversificado, que inclui vastas extensões de florestas de Harenna, prados alpinos, pântanos e picos nevados. Esta variedade de habitats sustenta uma rica biodiversidade. Hoje teremos um dia de trekking entre 5 a 7 horas, a uma altitude de 3600 m, para tentar avistar o lobo-abelha etíope (Canis simensis, um dos carnívoros mais raros e ameaçados do mundo), antílopes, macacos, aves endémicas e uma variedade de outras espécies.

A noite é passada em acampamento, onde serão fornecidas tendas, colchões e sacos-cama.
Noite no Parque Nacional.

Alojamento: TendaRefeições: Pequeno-almoço, Almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 12 Langano

Hoje é dia de viagem.
Vamos até ao Lago Langano, um oásis de tranquilidade e beleza natural no coração do Vale do Rift etíope, e uma escapada de fim de semana popular para os moradores da capital.
Pelo caminho vamos fazendo paragens, para apreciar a paisagem e tirar umas fotos.

Noite em Langano.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 13 Langano - Addis

Depois de um mergulho matinal no lago Langano, partimos para Addis Abeba.
No caminho podemos visitar o Parque Nacional Abiatta-Shala, localizado, tal como o nome indica, nas proximidades do Lago Abiatta e do Lago Shala.
O Lago Shala é o lago mais profundo e mais extenso da Etiópia, com 266m de profundidade e uma área de aproximadamente 329 quilómetros quadrados. Durante os meses mais secos, o Lago Shala atrai grandes concentrações de flamingos, que se reúnem para se alimentar nos ricos bancos de algas e organismos aquáticos encontrados nas águas rasas.

Noite em Addis Abeba.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 14 Lalibela

Hoje voamos cedo para Lalibela. Após a chegada e check-in no hotel, vamos visitar algumas das 11 igrejas monolíticas, cada uma única em sua arquitetura e significado religioso.

Lalibela, conhecida como "Jerusalém da Etiópia", é uma cidade única que abriga um dos mais impressionantes conjuntos de igrejas escavadas na rocha. São estruturas antigas, que datam do século XII, que combinam habilidade arquitetónica e devoção religiosa de uma maneira verdadeiramente inspiradora. Por alguma razão é muitas vezes referida como a "Oitava maravilha do mundo".

Noite em Lalibela.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 15 Regresso a Addis e Voo de Regresso

Durante a manhã vamos visitar mais alguns pontos importantes de Lalibela e as suas igrejas classificadas como Património Mundial da UNESCO. Da parte da tarde regressamos a Adis Abeba para o voo noturno de regresso ao país de origem. No caso de optarem pela extensão à Depressão de Danakil, passamos a noite em Adis Abeba e seguimos na manhã seguinte.
Noite em voo ou em Adis Abeba

Alojamento: XRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 16 Chegada à cidade de origem

Chegada à cidade de origem e fim dois serviços da Papa-Léguas.

Alojamento: XRefeições: X
Conforto: Dificuldade:

Extensão: Depressão de Danakil

Dia 15Adis Abeba

Durante a manhã vamos visitar mais alguns pontos importantes de Lalibela e as suas igrejas classificadas como Património Mundial da UNESCO. Da parte da tarde regressamos a Adis Abeba e tempo livre.
Noite em Adis Abeba.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 16Samera e Danakil Dallol

De manhã cedo voamos para Samera, onde os nossos jeeps e equipa local nos espera para seguirmos viagem.
O dia é longo e vamos fazendo algumas paragens pelo caminho, incluindo para o almoço.
O destino é a localização de Dallol, e um pôr do sol no Lago Assale. A noite é passada em acampamento básico, ao ar livre com camas de bambu onde são colocados colchões, almofadas e lençóis limpos. Não existem casas de banho nem chuveiros.

Noite em acampamento.

Alojamento: TendaRefeições: Pequeno-almoço, Almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 17Danakil e Vulcão

De manhã cedo, antes do nascer do sol, vamos até a paisagem lunar de Dallol.
Depois disso, seguimos até a uma gruta de montanha formada por sal e lama, logo abaixo da cratera Dallol.
Mais 10 minutos de carro e um mundo completamente diferente.
Temos um pequeno-almoço nesta zona e seguimos viagem até as vastas planícies de sal. Vamos ter oportunidade de nadar no lago Karum, uma piscina fria de água salgada debaixo de um sol escaldante, e finalmente visitamos os mineiros de sal antes de voltarmos para Hamedela para descansar um pouco.

Após o almoço continuamos até o vulcão ativo Ertale. Chegamos ao nosso acampamento no topo da Caldeira. Caminhamos 30 minutos até o lago da cratera do cume, atualmente em seu ciclo ativo. Aproveite a maravilha que acontece bem na nossa frente e voltamos para o acampamento. Partimos para o vulcão por volta das 17h30 no final da tarde e voltamos após a visita por volta das 20h.

Noite em acampamento ao ar livre em terreno plano com colchão adequado, almofada, lençóis limpos e ambiente tranquilo.

Alojamento: TendaRefeições: Pequeno-almoço, Almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 18Regresso a Addis Abada

Acordamos cedo com o sol, e depois do pequeno almoço, seguimos para a cidade do lago salgado de Afdera. O principal centro de produção e distribuição de sal fica a -102 m abaixo do nível do mar e a sensação de temperatura mais alta na depressão de Danakil. Almoçamos na cidade, vislumbraremos o lago salgado, caminharemos pelas zonas de sal e depois retornamos a Semera para nosso voo de volta a Adis Abeba. Antes do voo, temos oportunidade de parar num hotel para refrescar e preparar a mala.

Chegando a Addis, seguimos para o terminal internacional para a ligação ao voo de regresso a casa.

Alojamento: XRefeições: Pequeno-almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 19Chegada à cidade de origem

Chegada à cidade de origem e fim dos serviços da Papa-Léguas.

Alojamento: XRefeições: X
Conforto: Dificuldade:

FAQs

Esta viagem é para mim?

Se tens espirito de aventura, então esta viagem é para ti. Irá ser uma viagem dura, exploratória, desconfortável mas inesquecível pois o itinerário percorre um país autêntico e sem filtros. Prepara as expetativas pois esta é uma viagem para viajantes e não para turistas.

Quem será o guia desta viagem?

Será a Carla Henriques, uma viajante que já percorreu muitos cantos do mundo e uma líder de viagens com vasta experiência no acompanhamento de grupos, certamente que a Carla irá enriquecer a tua experiência de viagem na Etiópia.

Em que tipo de alojamentos fico nesta viagem?

Ficamos em quartos duplos básicos, com casa de banho privativa, em hotéis bem localizados por forma a facilitar as deslocações. Privilegiamos hotéis de pequeno a médio tamanho, geridos por locais, onde nos sentimos sempre bem recebidos e acolhidos. Também iremos acampar na região do Rio Omo e num parque natural.

Que tipo de transportes usamos nesta viagem?

Todos os transportes são privados, em 4x4 e "mini-vans".

A Papa-Léguas trata dos voos?

Para esta viagem a Papa-Léguas estipula um “voo de grupo” e envia-te a simulação do mesmo. Podes comprar à Papa-Léguas ou noutra agência ou online. O transfere não está incluído para quem chegar num horário diferente do “voo de grupo”, mas poderás solicitar à Papa-Léguas um transfere extra.

Os transferes de chegada e partida estão incluídos?

Sim, os transferes de chegada e partida estão incluídos, se viajares no voo de grupo. Nesta viagem existe o voo de grupo, ou seja, existe uma hora especifica para a chegada e os transferes serão de acordo com a chegada desse voo. Quem optar por comprar voos diferentes, terá de estar no aeroporto à mesa hora para usufruir dos transferes.

Onde me encontro com o grupo?

Encontrar-te-ás com o grupo no aeroporto da cidade de origem, no aeroporto à chegada a Addis Abeba ou Bahir Dar. Serás informado durante o processo de organização da viagem.

Se me inscrever sozinho/a, tenho que pagar suplemento individual?

Não necessariamente. Se não fizer questão de ficar sozinho/a nos alojamentos, poderá partilha-los com outra pessoa inscrita. A Papa-Léguas poderá agrupar aos pares, por sexo e por ordem cronológica de inscrição, os viajantes que se inscreverem individualmente para a mesma viagem e, se o número de participantes for ímpar, o que ficar isolado deverá pagar o suplemento individual respetivo.

Posso beber água da torneira na Etiopia?

Na Etiópia não deves ingerir água que não seja engarrafada e selada. No entanto, para evitar o consumo excessivo de plástico, aconselhamos que leves contigo uma garrafa reutilizável e que vás enchendo de garrafões que podes comprar ou por vezes se encontram disponíveis para reabastecer nos hotéis.

Quanto dinheiro devo levar para os meus gastos pessoais?

No programa terra, está incluído um seguro?

A resposta é sim, está incluído. A exceção é para viajantes que não partam de solo nacional, sejam ou não titulares de nacionalidade portuguesa. O seguro incluído não cobre Covid-19 mas pode acionar um seguro opcional sugerido pela Papa-Léguas que cobre Covid-19. Para obteres mais informações sobre as apólices disponíveis, consulta a nossa página sobre seguros de viagem

Que documentação é necessária para fazer esta viagem?

Passaporte com uma validade mínima de 6 meses após a data de saída do país visitado.

Quais as restrições sanitárias para entrar no país?

Não existem restrições sanitárias para entrar no país. Mas aconselhamos que tenhas o teu boletim de vacinas em dia.

Que equipamento é imprescindível para fazer esta viagem?

É importante que leves calçado confortável para os passeios nas cidades e na caminhada na zona de montanha. Os dias também podem ser bastante quentes, por isso chapéu, óculos de sol e protetor solar são importantes. O repelente de insetos também é essencial e não esquecer fato de banho para uns mergulhos.

Há ligação à internet ou wifi durante toda a viagem?

Somente em alguns hotéis localizados nas principais cidades.

Porque esta é uma viagem EXPLORER?

As viagens EXPLORER são destinadas a um conjunto de viajantes intrépidos, de mente aberta e espírito jovem! Usaremos hotéis simples e que reflitam a essência da região onde se inserem. Viajaremos frequentemente em transportes públicos, de forma a promover um contacto mais próximo com as populações que estamos a visitar. O foco está na experiencia única e nas histórias que vais carregar na mochila para o resto da vida. Podes dizer a todos os teus amigos que estão dispostos a sacrificar algum do conforto habitual em troca de uma experiencia mais condizente com o local que estão a visitar que estas viagens também são para eles.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

GDPR