pt-pt +351 21 845 26 89 / 90 geral@papa-leguas.com
+351 21 845 26 89 / 90 geral@papa-leguas.com

Paquistão - das montanhas do Norte a Lahore, com Lisa Vaz

Desde 2.280
Voos não incluídos
Disponibilidade
Início
Fim
Estado
Terça01 Out, 2024
Quarta16 Out, 2024
disponivel2.280,0
Inscreva-se
Pergunte-nos
Pagar um sinal de 30% por viagem
Condições Particulares Condições Gerais
Autoestrada Karakoram Paquistão Rio Montanhas

Paquistão – das montanhas do Norte a Lahore, com Lisa Vaz


Condições Gerais

O presente programa / catálogo online é o documento informativo no qual se inserem as presentes condições gerais, dele fazendo parte integrante e que constituem, na ausência de documento autónomo o contrato de viagem.
 
A presente informação é vinculativa para a agência salvo alguma das presentes condições:
  1. Se as alterações nas seguintes condições tenham sido comunicadas claramente por escrito ao cliente antes da celebração do contrato e as mesmas estejam devidamente previstas no programa;
  2. Quaisquer alterações posteriores à celebração do contrato dependem de acordo prévio das partes, salvo o previsto na cláusula “impossibilidade de cumprimento”.
As presentes condições gerais obedecem ao disposto no Decreto-lei 61/2011 de 06 de Maio, com a alteração que foi introduzida pelo Decreto-lei 199/2012 de 24 de Agosto.
 
As Condições Gerais cujo objeto seja uma viagem organizada constante do presente programa e as condições particulares que constam da documentação de viagem facultada ao cliente no momento de reserva da viagem consubstanciam o contrato de viagem que vincula as partes.

1. ORGANIZAÇÃO

A organização técnica e venda das viagens incluídas no presente site é da responsabilidade da Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda, com sede na Rua Manuel Assunção Mestre, nº22,  7780-199 Castro Verde, matriculada na conservatoria do Registo Comercial de Lisboa e com Contribuinte Fiscal nº 504163590, com o capital social realizado de 99.759,60€ (noventa e nove mil, setecentos e cinquenta e nove euros e sessenta cêntimos), e com o registo  RNAVT nº 2275 e RNAAT nº 67/2014.

2. INSCRIÇÕES

No acto da inscrição o cliente deverá depositar 30 % do preço do serviço, liquidando os restantes 70% até 21 dias antes do início do serviço. Se a inscrição tiver lugar a 21 dias ou menos da data do início do serviço, o preço total do mesmo deverá ser paga no acto da inscrição. A Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda reserva-se o direito de anular qualquer inscrição cujo pagamento não tenha sido efectuado nas condições acima mencionadas. As reservas encontram-se condicionadas à obtenção da parte dos fornecedores da confirmação de todos os serviços.

Os preços das viagens são apresentados por pessoa e tendo por base a ocupação em quarto partilhado por duas pessoas. A agência organizadora agrupará aos pares, por sexo, e por ordem cronológica de inscrição os Clientes que se inscreverem individualmente para a mesma viagem. O Cliente que ficar isolado deverá pagar o suplemento individual respetivo, sempre que exigido pelo prestador de serviços.

INFORMAÇÃO AO ABRIGO DA LEI N.º 144/2015 DE 8 DE SETEMBRO:

Nos termos da Lei n.º 144/2015 de 8 de Setembro informamos que o Cliente poderá recorrer às seguintes Entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo:

i) Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo in www.provedorapavt.com;

ii) Comissão Arbitral do Turismo de Portugal in www.turismodeportugal.pt

iii) ou a qualquer uma das entidades devidamente indicadas na lista disponibilizada pela Direcção Geral
do Consumidor in http://www.consumidor.pt cuja consulta desde já aconselhamos.

3. RECLAMAÇÕES

As reclamações apenas poderão ser consideradas desde que apresentadas por escrito à agência no prazo máximo de 30 dias após o termo da prestação dos serviços.

Em caso de reclamação por incumprimento dos serviços contratados poderá o cliente accionar o Fundo de Garantia de viagens e Turismo previsto nos termos no DL 61/2011 de 06 de Maio na sua redacção actual, devendo para isso apresentar a respectiva reclamação:

i) Junto do Provedor do Cliente pois a Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda. é aderente ao Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo in www.provedorapavt.com. Para usufruir deste serviço deverá no prazo de 20 dias úteis após o fim da viagem apresentar a sua reclamação por escrito. As agências estão vinculadas ao pontual cumprimento da decisão que venha a ser emitida por tal entidade.

ii) Junto do Turismo de Portugal I.P in www.turismodeportugal.pt no prazo de 30 dias após : (i) o termo da viagem; (ii) o cancelamento da viagem imputável à agência; (iii) a data de conhecimento da impossibilidade da sua realização por facto imputável à agência; (iv) o encerramento do estabelecimento.

iii) Junto de qualquer uma das entidades constantes do site da Direcção Geral do Consumidor in http://www.consumidor.pt

4. BAGAGEM

1) A agência é responsável pela bagagem nos termos legais;

2) O cliente tem obrigação de reclamar junto da entidade prestadora dos serviços no momento de subtracção, deterioração ou destruição de bagagem.

3) No transporte internacional, em caso de dano na bagagem, a reclamação deverá ser feita por escrito ao transportador imediatamente após a verificação do dano, e no máximo 7 dias a contar da sua entrega. Estando em caso o mero atraso na entrega da bagagem a reclamação deverá ser feita dentro de 21 dias a contar da data de entrega da mesma.

4) A apresentação de tal reclamação será fundamento essencial para o accionamento da responsabilidade da Papa-Léguas, agência de viagens e turismo Lda sobre a entidade prestadora do serviço.

5. LIMITES

A responsabilidade da agência terá como limite o montante máximo exigível às entidades prestadoras dos serviços, nos termos da Convenção de Montreal, de 28 de Maio de 1999, sobre Transporte Aéreo Internacional, e da Convenção de Berna, de 1961, sobre Transporte Ferroviário.

No que concerne aos transportes marítimos, a responsabilidade das agências de viagens, relativamente aos seus clientes, pela prestação de serviços de transporte, ou alojamento, quando for caso disso, por empresas de transportes marítimos, no caso de danos resultantes de dolo ou negligência destas, terá como limites os seguintes montantes:

a) € 441.436, em caso de morte ou danos corporais;

b) € 7.881, em caso de perda total ou parcial de bagagem ou da sua danificação;

c) € 31.424, em caso de perda de veículo automóvel, incluindo a bagagem nele contida;

d) € 10.375, em caso de perda de bagagem, acompanhada ou não, contida em veículo automóvel;

e) € 1.097, por danos na bagagem, em resultado da danificação do veículo automóvel.

Quando exista, a responsabilidade das agências de viagens e turismo pela deterioração, destruição e subtracção de bagagens ou outros artigos, em estabelecimentos de alojamento turístico, enquanto o cliente aí se encontrar alojado, tem como limites:

a) € 1.397, globalmente;

b) € 449 por artigo;

c) O valor declarado pelo cliente, quanto aos artigos depositados à guarda do estabelecimento de alojamento turístico.

A responsabilidade da agência por danos não corporais poderá ser contratualmente limitada ao valor correspondente a cinco vezes o preço do serviço vendido.

6. DESPESAS DE RESERVA

Por cada reserva serão cobradas as seguintes verbas:

Despesas de Reserva :

  • Portugal: 30€ (trinta euros);
  • Restantes Países: 50€ (cinquenta euros).

(valores não reembolsáveis)

Despesas de Alterações:

Por cada alteração (nomes, datas, tipo de apartamento ou quarto, viagem, etc) : 50€ (cinquenta euros). Salientamos que a aceitação de tais alterações depende de aceitação por parte dos respectivos fornecedores

7. DOCUMENTAÇÃO

O cliente deverá possuir em boa ordem a sua documentação pessoal ou familiar, (bilhete de identidade, documentação militar, autorização para menores, vistos, certificado de vacinas e outros eventualmente exigidos). A agência declina qualquer responsabilidade pela recusa de concessão de vistos ou a não permissão de entrada ao cliente em país estrangeiro; sendo ainda da conta do cliente todo e qualquer custo que tal situação acarretar.

Viagens na União Europeia:

  • Os clientes (independente da idade) que se desloquem dentro da União Europeia deverão ser possuidores do respectivo documento de identificação civil (passaporte; B.I, Cartão do Cidadão);
  • Para obtenção de assistência médica devem ser portadores do respectivo Cartão Europeu do Seguro de Doença ;
  • Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem.

Viagens fora da União Europeia:

  • Os clientes (independente da idade) que se desloquem deverão ser possuidores do respectivo documento de identificação civil (passaporte) bem como do visto se necessário (obtenha tal informação junto da agência no momento da reserva) ;
  • Os nacionais de países não comunitários devem consultar informação específica quanto à documentação necessária para realização de viagem junto das embaixadas/ consulados dos países de origem.
8. MUDANÇAS

Caso os fornecedores da viagem em causa permitam, sempre que um cliente, inscrito para uma determinada viagem, desejar mudar a sua inscrição para uma outra viagem ou para a mesma com partida em data diferente, ou outra eventual alteração, deverá pagar a taxa, como despesas de alteração. Contudo, quando a mudança tiver lugar com 21 dias ou menos de antecedência em relação à data da partida da viagem, para a qual o cliente se encontra inscrito, ou se os fornecedores de serviços não aceitarem a alteração, fica sujeito às despesas e encargos previstos na rubrica “desistência (rescisão)”.

Após iniciada a viagem, se solicitada a alteração dos serviços contratados por motivos não imputáveis à agência (ex. ampliação das noites de estadia, alteração de voo) os preços dos serviços turísticos poderão não corresponder aos publicados no site que motivou a contratação.

9. CESSÃO DA INSCRIÇÃO (POSIÇÃO CONTRATUAL)

O cliente pode ceder a sua inscrição, fazendo-se substituir por outra pessoa que preencha todas as condições requeridas para a viagem, desde que informe a agência vendedora com pelo menos sete dias de antecedência e que tal cessão seja possível nos termos dos regulamentos de transporte aéreos aplicáveis. Em caso de cruzeiros e viagens aéreas o prazo previsto será de quinze dias de antecedência.

A cessão da inscrição responsabiliza solidariamente cedente e cessionário pelo pagamento do preço viagem e pelos encargos adicionais originados.

10. ALTERAÇÕES

Sempre que existam razões alheias que o justifiquem, a agência organizadora poderá alterar a ordem dos percursos, modificar as horas de partida ou substituir qualquer dos hotéis previstos por outros de categoria e localização similar, devendo informar o cliente da tal alteração, logo que dela tenha conhecimento.

11. ANULAÇÕES DO PROGRAMA PELA AGÊNCIA

Quando a viagem esteja dependente de um número mínimo de participantes a Agência reserva-se o direito de cancelar a viagem organizada caso o número de participantes alcançado seja inferior ao mínimo. Nestes casos, o cliente será informado por escrito do cancelamento no prazo de 15 (quinze) dias.

12. ALTERAÇÃO AO PREÇO

Os preços constantes do programa estão baseados nos custos dos serviços e taxas de câmbio vigentes à data de impressão deste programa, pelo que estão sujeitos a alterações que resultem de variações no custo dos transportes ou do combustível, de direitos, impostos, taxas e flutuações cambiais até 20 dias antes da data de viagem.

13. REEMBOLSOS

Depois de iniciada a viagem não é devido qualquer reembolso por serviços não utilizados pelo cliente por motivos de força maior ou por causa imputável ao cliente, salvo reembolso pelos respectivos fornecedores. A não prestação de serviços previstos no programa de viagem por causas imputáveis à agência organizadora e caso não seja possível a substituição por outros equivalentes, confere ao cliente o direito a ser reembolsado pela diferença entre o preço dos serviços previstos e o dos efectivamente prestados.

14. IMPOSSIBILIDADE DE CUMPRIMENTO

Se previamente ao inicio da viagem e por factos não imputáveis à agência organizadora esta vier a ficar impossibilitada de cumprir algum serviço essencial constante do programa de viagem, tem o cliente direito a desistir da viagem, sendo imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas ou, em alternativa, aceitar uma alteração e eventual variação de preço.

Se os referidos factos não imputáveis à agência organizadora vierem a determinar a anulação da viagem, pode o cliente ainda optar por participar numa outra viagem organizada de preço equivalente. Se a viagem organizada proposta em substituição for de preço inferior, será o cliente reembolsado da respectiva diferença.

15. DESISTÊNCIA (RESCISÃO)

O Cliente ou algum dos seus acompanhantes é livre de desistir da viagem a todo o tempo.

i) Tal cancelamento implica que o mesmo seja responsável pelo pagamento de todos os encargos a que o início do cumprimento do contrato e a sua desistência dêem lugar e ainda por uma percentagem que pode ir até 15% do preço da viagem.

ii) Quando seja caso disso, o cliente será reembolsado pela diferença entre a quantia paga e os montantes acima referidos.

iii) O cancelamento de serviços de viagem / viagens organizadas cuja reserva tenha sido efectuada utilizando como forma de pagamento o vale emitido ao abrigo do Decreto-lei n.º 17/2020 de 23 de Abril está sujeito a uma taxa de rescisão de valor igual ao preço do serviço, de forma a evitar reservas simuladas ou fraudulentas feitas apenas com o intuito de antecipar o recebimento dos valores titulados pelo vale.

16. CANCELAMENTO

Se por facto não imputável ao cliente, a agencia tiver de cancelar a viagem organizada antes da data de partida, o cliente pode optar por:

i) Ser imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas, ou

ii) Em alternativa, optar por participar numa outra viagem organizada, sendo reembolsado da eventual diferença de preço que possa existir;

17. RESPONSABILIDADE

A responsabilidade da agência organizadora das viagens constantes deste programa e emergentes das obrigações assumidas, encontra-se garantida por um seguro de responsabilidade civil na Companhia de seguros Fidelidade, com a apólice n.º 9257343, no montante de 75.000€ (Setenta e cinco mil euros) nos termos da legislação em vigor.

18. IVA

Os preços mencionados neste programa reflectem já o Imposto de Valor Acrescentado à taxa actual de 23%.

19. VALIDADE

Este programa é válido de 01/01/2024 a 31/12/2024.

20. NOTAS
  • As restantes condições especiais estarão incluídas na página de cada destino e viagem em concreto- condições particulares – e que fazem parte do contrato de viagem.
  • As presentes condições gerais poderão ser complementadas por quaisquer outras específicas desde que devidamente acordadas pelas partes.
  • Os preços dos programas estão baseados na cotização média do dólar pelo que qualquer derivação relevante desta moeda poderá implicar uma revisão dos preços da viagem nos termos constantes da cláusula “alteração de preço”.
  • Devido ás constantes alterações do preço dos combustíveis sobre os preços praticados poderá haver alteração do suplemento de combustível inserido no preço nos termos constantes da cláusula “alteração de preço”.
  • As categorias dos hotéis apresentados nesta brochura seguem as normas de qualidade do pais de acolhimento, podendo os mesmos ser alterados por outros similares quando por motivos alheios à agência não seja possível manter ou confirmar a reserva existente, obrigando-se a agência a informar o cliente logo que de tal tenha conhecimento.
21. INFORMAÇÕES GERAIS

Check in de voos:

A Papa-Léguas não efetua o check-in para nenhum voo. Essa tarefa é da responsabilidade do viajante, dando-lhe a oportunidade de selecionar o lugar pretendido e realizar upgrade na sua reserva se assim for a sua vontade. As companhias aéreas reservam-se o direito de aplicar suplementos à escolha de lugares ou de upgrades de classes.

Horas de chegada ou partida:

As horas de partida e de chegada estão indicadas na hora local do respectivo pais e de acordo com horários das respectivas companhias aérea à data de impressão deste programa, podendo por isso ser sujeitas a alteração.

Hotéis / Apartamentos:

Apartamentos - No caso do alojamento ser contratado em apartamento é da responsabilidade do cliente a informação do número de pessoas que irão ocupar o apartamento. No caso de se apresentarem mais pessoas que as reservadas, os apartamentos poderão recusar a entradas.
Hotéis- O preço apresentado é por pessoa e estão baseados numa ocupação dupla. Nem todos os hotéis dispõem de quarto triplo sendo por norma colocada uma cama extra que pode não ser de idêntica qualidade. Nos quartos equipados com duas camas ou casal, o triplo pode ser constituído apenas por aquelas camas.

A relação dos hotéis e apartamentos constantes dos programa é indicativa assim como a sua categoria que respeita a critérios e classificações locais cujos critérios por vezes são distintos dos utilizados em Portugal.

Refeições:

Salvo indicações em contrário, os preços apresentados para os suplementos de Meia Pensão e Pensão Completa não incluem bebidas.

Nas chegadas ao hotel após a 19h o primeiro serviço de refeição será o pequeno-almoço do dia seguinte, no ultimo dia e salvo possibilidade de late check-out, o ultimo serviço do hotel será o pequeno-almoço.

Horários de entrada e saída:

As horas e entrada e saída no primeiro e último dia, serão definidas em função do primeiro e ultimo serviço. Em regra, sem carácter vinculativo os quartos podem ser utilizados a partir das 14h do dia de chegada e deverão ser deixados livres até as 12h do dia de saída.

Nos apartamentos a entrada verifica-se geralmente pelas 17h do dia de chegada e deverão ser deixados livres até as 10h do dia de saída.

Condições especiais para crianças:

Dada a diversidade de condições aplicadas às crianças (destino e fornecedor) recomenda-se questionar sempre as condições especiais que porventura sejam aplicadas à viagem em causa.

Seguro:

A agência disponibiliza a venda de seguros que poderão ser adquiridos em função da viagem para garantia de situações de assistência e despesas de cancelamento.

O limite máximo de idade, para o seguro é de 75 anos inclusive.

Autoestrada Karakoram Paquistão Rio Montanhas

Paquistão – das montanhas do Norte a Lahore, com Lisa Vaz


Condições Particulares

Documentação
Para esta viagem necessita de ter um passaporte com uma validade mínima de 6 meses a partir da data de saída do país visitado e duas páginas em branco.
Visto obrigatório.

Líder de viagem
Esta é uma viagem de aventura e descoberta cultural. Quem lidera esta viagem é uma pessoa com experiencia no país a visitar, tendo uma rede de contactos e de conhecimentos que facilita uma interação e uma experiencia cultural que se quer única. A sua missão é liderar o grupo durante todo o percurso facilitando a interação e a integração do grupo com os locais a visitar.
O papel do líder da viagem não deverá ser nunca confundido com o de guia turístico. Não são exigidos ao líder de viagem conhecimentos específicos sobre monumentos, museus ou outros locais de interesse turístico.
Caso a sua viagem inclua locais que pela sua complexidade histórica, geológica, biológica ou artística necessitem de um guia, o mesmo será previamente contratado e haverá uma referência explícita à sua existência no programa da sua viagem.

Transferes
O Viajante que não adquira os voos à Papa-Léguas, pode não ter assegurado os transferes de chegada e partida caso os seus voos não sejam exatamente iguais aos voos reservados para o grupo.
Se o Viajante optar por reservar à Papa-Léguas os transferes para os voos por si comprados, implica o pagamento adicional dos mesmos que variam consoante o país de destino e o programa efetuado.

Grupo Whatsapp
A um mês da saida da viagem, a Papa-Léguas criará um grupo de whatsapp para que a interacção entre os viajantes e o lider se faça de forma simples e fluida.Quem não concordar com esta acção por favor informe-nos.

Líder da viagem

Lisa Vaz

Líder de viagens

Aliada a esta paixão de conhecer o Mundo, nasceu a minha paixão pela fotografia, a qual me tem permitido eternizar e partilhar momentos irrepetíveis.

Saber mais >

Estamos a preparar o seu programa de viagem.
Aguarde por favor...

Tem uma questão?

Não hesite em nos ligar. Dispomos uma equipa especializada e teremos todo o gosto em falar consigo.

+351 21 845 26 89 / 90

geral@papa-leguas.com

Detalhes da viagem
  • Conforto
  • Dificuldade
  • Duração 16 dias
  • Inscrições 6 - 12 pessoas
  • Idade 18 - 70
  • Tipo de viagem Descoberta, Líder de viagem
  • Destinos Paquistão
  • Alojamento Hotel, Hotel 4*

Sabia que Paquistão significa a “Terra dos Puros” em Urdu? Mas esta designação também constitui um acrónimo para Punjab, Afghania (a área Pashtun junto à fronteira com o Afeganistão), Kashmir, Sindh e Baluchistan, o que é elucidativo sobre a sua complexidade. Um País que nasceu da “partição” com a India em 1947 e com uma grande diversidade cultural e paisagens de cortar a respiração.

O Paquistão tem 108 montanhas acima dos 7 mil metros e 5 dos 14 picos mundiais acima dos 8 mil metros, os quais pertencem à cadeia montanhosa do Karakoram, localizada no território administrativo de Gilgit-Baltistan.

No itinerário que lhe propomos, iremos viajar por algumas províncias do Paquistão como Khyber Pakhtunkhwa (KPK), Punjab e o território da capital Islamabad.

Irá saborear a aventura deste percurso nas majestosas montanhas do Hindu Kush e do Karakoram e desfrutar da sua grandiosidade especialmente em Hunza. Mas terá também possibilidade de apreciar a cosmopolita Islamabad e cidades históricas como Peshawar e Lahore, pois este programa tem uma forte componente cultural. E a experiência não ficará completa sem vivenciar a hospitalidade dos povos que habitam estas regiões, ou provar a sua gastronomia.

Irá trazer ainda na memória deliciosos detalhes culturais, como os coloridos e extravagantes camiões locais, os “jingle trucks”, ou imagens da surpreendente cerimónia de encerramento da fronteira com a India em Wagah.

Todas são boas razões para embarcar connosco nesta aventura épica com destino a um País menos óbvio, mas com tanto para oferecer.

Porque esta viagem é imperdível?
  • As cadeias montanhosas do Hindu Kush e Karakoram;
  • Beleza avassaladora do Vale do Hunza;
  • O vislumbre de Passu Cones;
  • A ponte suspensa de Hussaini:
  • Viajar na Karakoram Highway;
  • Os lagos cristalinos e os vales verdejantes do Hindu Kush;
  • O colo de Shandur, o campo de pólo mais alto do mundo;
  • A antiga cidade de Peshawar;
  • A vibrante cidade Mughal de Lahore;
  • A supreendente cerimónia na fronteira de Wagah.

Incluido

  • Acompanhamento de líder de viagem português da Papa-Léguas;
  • 10 Noites de hotel 4* e 4 noites hotel, sempre em quarto duplo;
  • Refeições: 14 pequenos-almoços e 14 jantares;
  • Todas as viagens terrestres;
  • Transferes aeroporto - hotel - aeroporto (ver condições particulares);
  • Carta convite para apoio à obtenção do visto;
  • Entradas nos locais referidos no itinerário;
  • Seguro e assistência em viagem.

Excluido

  • Voos internacionais e nacionais;
  • Visto de entrada no país, cerca de 25 USD;
  • Gastos em refeições cerca de 200 Eur;
  • Todas as atividades e visitas opcionais;
  • Todas as despesas pessoais;
  • Qualquer tipo de gratificação;
  • Qualquer item não mencionado como incluído.
Mapa
Itinerário

Dia 1 Voo cidade de origem - Islamabad

Voo com destino a Islamabad, com escalas intermédias.

Alojamento: XRefeições: X
Conforto: Dificuldade:

Dia 2 Chegada a Islamabad

Chegada e transfere para o hotel.
Atendendo à hora de chegada do voo (previsivelmente de madrugada), recomenda-se descanso durante a manhã. O dia de hoje será ligeiro.
Encontro com a líder de viagem para almoço no hotel, em hora a combinar.

Programa de visitas em Islamabad da parte da tarde:
Lok Virsa Heritage Museum - museu de etnologia dedicado à história e cultura do Paquistão
Mesquita Faisal - a maior mesquita do Paquistão e a 5ª maior do mundo. Com uma arquitetura islâmica contemporânea representando uma tenda beduína, é a imagem icónica de Islamabad no mundo.

Jantar no famoso Monal Restaurant em Margallah Hills, o qual oferece vistas para Islamabad.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 3 Islamabad – Vale de Naran

Pequeno-almoço cedo, partindo de seguida para Taxila, com uma viagem aproximada de 1h.

Taxila é um local arqueológico e Património Mundial da UNESCO desde 1980, onde se encontram as ruínas da civilização Gandara e da cultura budista /hindu antiga.

Encontra-se no cruzamento de três rotas importantes, que a fizeram prosperar: a "Estrada Real" que vinha da Índia Oriental, a estrada da Ásia Ocidental, e a estrada da Caxemira e Ásia Central. Quando estas rotas perderam a sua importância, a cidade declinou lentamente até ser destruída pelos hunos no século V.
Vistiaremos o Mosteiro e a Stupa Budista Jauliano e o Museu de Taxila, que tem uma das coleções mais importantes de arte budista Gandara e outros artefactos da era Kushan.

Seguimos para Naran com uma paragem no Lago Khanpur, que resultou da construção de uma barragem no Rio Haro, afluente do Rio Indus.

Tempo em transporte: cerca de 7h.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 4 Naran – Karimabad

Hoje teremos um longo dia pela frente, viajando nas montanhas do Hindu Kush, com destino a um dos pontos altos deste programa. A duração da jornada será, sem dúvida, compensada pela sua beleza extraordinária.

Faremos paragens fotográficas no Lago Lulusar e em Babusar Top, um colo de montanha a 4.173 metros de altitude. Aqui entramos no território administrativo de Gilgit-Baltistan.

A paisagem do topo de Babusar é lindissima e em dias limpos permite avistar o Nanga Parbat (8.126m) à distância, a nona montanha mais alta do Planeta e que se localiza no Karakoram.

Entraremos mais tarde (e viajaremos nos próximos dias) na Karakoram Highway (KKH), essa maravilha da engenharia com 1300km,ligando Kashgar na China ao Punjab no Paquistão. Apelidada por vezes de “Oitava Maravilha do Mundo”, a KKH atravessa algumas das paisagens rochosas mais impressionantes do planeta. Demorou 26 anos a construir e segue uma das rotas da seda, visível da auto-estrada na encosta montanhosa.

A KKH reforçou as relações comerciais entre a China e o Paquistão, tornando esta região remota mais acessível, promovendo assim o seu desenvolvimento e prosperidade.

Faremos outra paragem no miradouro do ponto de encontro geográfico das três grandes cordilheiras Hindu Kush, Karakoram e Himalaias, para um registo fotográfico.

Jantar e alojamento em Karimabad, capital do vale de Hunza, após esta longa viagem. Ficaremos aqui nas próximas 3 noites.

Em transporte: cerca de 9h / 10h aproximadamente.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 5 Hunza

O vale do Hunza é lindissimo! O seu ponto mais alto situa-se a 2438 metros e está rodeado por vários picos acima dos 7 mil metros da cordilheira do Karakoram, sendo dominada pela montanha Rakaposhi com 7788 metros.

Os seus habitantes, os povos Burusho e Wakhi, são predominantemente muçulmanos ismaelitas e a sua longevidade é mítica, que se diz resultar do seu estilo de vida e alimentação saudáveis.

Trata-se de um autêntico Shangri-la, como irão comprovar.
Hunza está dividida em três regiões: Upper Hunza, Central Hunza e Lower Hunza, que iremos explorar nos próximos 2 dias.

Hoje o dia será dedicado a visitar a Upper Hunza. Prepare-se para um dia intenso e de verdadeiro encantamento.

Hightlights:
-
A KKH (Karakoram Highway) é a principal via de comunicação terrestre desta região montanhosa pelo que é obrigatória a paragem fotográfica nos Pak-China friendship tunnels.
- Os Passu Cones, formações rochosas em forma de cone, que é uma imagem icónica e a maior atração desta zona, serão avistados de um miradouro.
- A ponte suspensa Hussaini, sobre o rio Passu, feita de cordas e com 64 metros de comprimento.
- O Lago Attabad, com as suas águas turquesa, resultou de um aluimento de terras em 2010, que bloqueou o Rio Hunza, destruiu parte da KKH, e isolou várias aldeias. Hoje é procurado pelas suas atividades recreativas como jet-ski, passeios de barco ou pesca.
- O Hopper Valley em Nagar, que é uma aldeia tranquila, com as montanhas do Karakoram em pano de fundo, onde podemos observar os locais a trabalhar no campo. A atração maior é no entanto o Glaciar Hoper, onde poderão efetuar uma pequena caminhada (opcional).

Regresso a Karimabad para jantar e pernoita.

Em transporte: 4h aproximadamente.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 6 Continuar a explorar o vale de Hunza

Hoje o dia será dedicado a conhecer os principais pontos de interesse da parte central e Lower Hunza.
Highlights:

- Ganish Khun, povoado histórico e um dos mais antigos desta região (tem cerca de mil anos), situa-se na antiga rota da seda que por aqui passava. A comunidade de Ganish recebeu dois prémios da UNESCO – Asia Pacific Heritage Award - pela conservação deste património cultural, que iremos visitar.
- Forte de Baltit, data do Século 8 e foi residência dos governantes de Hunza - os Mirs – até 1945. Foi restaurado e hoje é um museu. Está localizado a 2441 metros de altitude sobre o vale e com vistas magníficas sobre o mesmo.
O seu guarda é ele próprio, uma figura icónica, devido à sua barba muito particular.

- Forte de Altit, com a sua Shikari Tower, situa-se num promontório a 304 metros sobre o Rio Hunza, e domina o pequeno povoado de Altit. Estima-se que tenha sido construído há cerca de 1100 anos, sendo que recebeu o prémio da UNESCO Asia Pacific Heritage Award, em 2011.

Teremos tempo livre para explorar a área comercial de Karimabad e quiçá, aproveitar para comprar algumas recordações. Hunza é conhecida pelas suas pedras preciosas e semi-preciosas, alperces (secos, óleos, cremes, etc), frutos secos e têxteis coloridos.

Pausa para almoço com comida tradicional, e porque não provar o chapshoro, uma deliciosa empada de carne, iguaria desta região?

Seguimos até ao miradouro, Eagle’s Nest, localizado a 2850 metros de altitude, que nos oferece uma panorâmica deslumbrante sobre o vale do Hunza e dos 11 picos montanhosos entre os 6000 e 7788m de altitude, que rodeiam este vale. Uma imagem que por certo irá ficar gravada na tua memória de forma indelével.
Assistiremos aqui ao pôr-do-sol.

Regresso a Karimabad para um merecido jantar.

Em transporte: cerca de 1/2h.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 7 Hunza - Naltar

Retomamos a nossa aventura pelo norte do Paquistão em direção ao Vale de Naltar e trocamos o nosso transporte por jipes.

O vale de Naltar é um dos mais belos do Paquistão, situando-se a 2438 metros de altitude. Aqui vamos encontrar vários lagos de águas cristalinas, rodeados pelas montanhas, com os seus picos nevados.

Faremos uma paragem no miradouro de Naltar e nos lagos Satrangi e Blue, que transmitem muita tranquilidade e são muito procurados para atividades outdoor, como o trekking, pesca e natação.

Jantar e alojamento no vale de Naltar.

Em transporte: cerca de 2 hrs mais 3 hrs em jipe.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 8 Naltar - Vale de Phander

Hoje rumamos a mais um paraíso na terra, o vale de Phander, localizado no distrito de Ghizer.
os caminhos são ladeados de choupos, além dos lagos turquesa e o povo hospitaleiro, predominantemente muçulmanos ismaelitas.

Passamos por várias as aldeias neste percurso pitoresco que nos leva na direção de Chitral, e uma oportunidade para desfrutar da natureza em todo o seu esplendor outonal, atendendo que viajaremos em jipes.

Paragem no lago Khalti, que se situa na vila de Gupis, a 2217 metros de altitude. É uma fonte de água doce e habitat natural de trutas. A sua água cristalina e a sua imobilidade proporcionam imagens de espelho refletindo a natureza em seu redor de forma impressionante.

O Lago Phander, é uma visão para qualquer apreciador da natureza e do outdoors, e à semelhança do Lago Khalti reflete a natureza circundante como se de um espelho se tratasse.

Jantar e alojamento no vale de Phander.

Em transporte: 7h aproximadamente.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 9 Phander - Booni

Partida rumo a Booni, com regresso à província de Khyber Pakhtunkhwa e entrada no distrito de Chitral.

Essencialmente montanhoso este percurso espetacular pelo coração do Hindu Kush, oferece-nos paisagens magníficas, onde raramente avistaremos pessoas. Estamos no Teto do Mundo, ao fim e ao cabo.

O ponto alto deste percurso será a nossa passagem por Shandur Pass – um planalto espetacular a 3720 metros de altitude – local onde se joga anualmente a partida de polo a cavalo mais alta do mundo, entre as equipas rivais de Chitral e Gilgit.

Jantar e alojamento em Booni.

Em transporte: 7h aproximadamente.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço, Almoço
Conforto: Dificuldade:

Dia 10 Booni - cidade de Chitral

Hoje o percurso será mais curto, com destino a Chitral e o último em jipe. Faremos um regresso suave aos centros urbanos após a imersão nas fabulosas montanhas do norte.

No percurso passamos por Qaqlasht Meadows, que é um planalto deslumbrante que se situa a 2438 metros de altitude e nos oferece uma panorâmica magnífica da cordilheira do Hindu Kush circundante.

Chitral é a capital do distrito (Lower Chitral District), com cerca de 414 mil habitantes, na sua maioria do grupo étnico Kho. É também aqui que vivem os Kalash em três vales remotos, junto à fronteira com o Afeganistão.

Visitaremos:

- O museu de Chitral, que tem em vista a proteção e preservação da rica herança cultural desta região. Tem duas galerias, uma de cariz etnográfico e outra arqueológica e dedicada à cultura Kalash.
- Shahi Masjid, a centenária mesquita que representa a cultura e tradição aristocrática, ao melhor estilo Mughal.

Jantar e alojamento em Chitral e ótima ocasião para degustar o tradicional pão local.

Em transporte: 3/4h aproximadamente.

Alojamento: HotelRefeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 11 Chitral - Peshawar

Espera-nos hoje uma longa jornada com destino à cidade de Peshawar, capital da província Khyber Pakhtunkhwa (KPK). Considerada uma das cidades mais antigas do Sul da Ásia e do Paquistão e com uma história rica, foi a capital da civilização Gandhara e do império Kushan.
Foi ainda um importante centro nas rotas comerciais entre a India e a Ásia Central.

É atualmente a 6ª cidade mais populosa do Paquistão, sendo que a maioria dos seus habitantes pertence ao grupo étnico Pashtun, o segundo maior deste país.

Jantar e alojamento em Peshawar.

Em transporte: 8/9h aproximadamente.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 12 Peshawar - Islamabad

Teremos um longo e preenchido dia pela frente, dedicado a visitar a Peshawar e com saída ao final do dia, com destino a Islamabad.

Da parte da manhã, visitaremos no centro histórico:

- A mesquita Mahabat Khan, edificada no Séc. 17 e em mármore branco, que é um esplêndido exemplo da arquitetura Mughal e a imagem icónica de Peshawar.
- O complexo habitacional Sethi House, construído no Séc.19 e pertencente à família Sethi, de um rico mercador. A sua impressionante arquitetura em madeira, justifica plenamente a visita.
- O Gor Khatri, local arqueológico, que no Séc. 16 foi convertido em caravanserai por Jeha Ara Begum, filha de Shah Jahan (que mandou edificar Taj Mahal).

Faremos uma pausa para almoço na popular Namak Mandi Food Street, onde vamos poder degustar a culinária local e afegã. A seguir prosseguiremos a nossa visita, passando por:

- Islamia College, uma das mais antigas universidades do Paquistão, faremos aqui uma pequena paragem para um registo fotográfico.
- Baab-e-Khyber – o monumental “Khyber Gate”, marco histórico construído em 1964, localizado no inicio da estrada que leva ao Khyber Pass (a 30 km de distância) e que segue para Cabul no Afeganistão.

Partida na direção de Islamabad, a cerca de 185 km.

Em transporte: 3h aproximadamente.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 13 Islamabad - Lahore

Partida para o último destino desta viagem, que seguramente a fechará com chave de ouro. Teremos hoje um longo percurso de carro.

Em caminho e já na província do Punjab, a cerca de 3 horas de distância, visitaremos:

- Katas Raj, conjunto de templos hindus, rodeados de um lago de águas cristalinas, considerado também ele sagrado. Trata-se do segundo local mais sagrado desta província.
- Khewra, a segunda maior mina de sal do mundo, ativa há 150 anos e famosa pelo seu sal rosa, também conhecido por “sal dos himalaias”.

Após o almoço, continuaremos a nossa viagem com destino a Lahore.

Em transporte: 7/8 h aproximadamente.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 14 Lahore até Wagah, na fronteira com a India

Lahore é a capital da província do Punjab e a segunda maior cidade do Paquistão, com uma população de 13 milhões de habitantes.
É conhecida como a “cidade dos jardins”, com uma forte herança arquitetónica Mughal, sendo também considerada a capital cultural do Paquistão.
Os próximos dias serão passados aqui em Lahore, antes do regresso a Portugal. Antecipam-se intensos, para melhor desfrutar desta metrópole vibrante.

Hoje podemos desfrutar o pequeno-almoço com mais tempo, e em seguida saíremos para visitar:

- O Mausoléu de Jahangir, datado do Séc. 17 e destinado ao sono eterno deste Imperador Mughal, pai de Shah Jahan (Taj Mahal). Famoso pelos seus interiores requintadamente decorados com frescos e mármore.
-Os jardins de Shalimar, complexo de jardins ao melhor estilo Mughal, que remontam ao período em que este império atingiu o seu apogeu estético.

Da parte da tarde, iremos até à fronteira com a India em Wagah - a cerca de 22 km de Lahore - para assistir à cerimónia do baixar da bandeira, que o vai surpreender. Esta cerimónia é caraterizada por uma rápida coreografia executada pelos militares de ambos os países, com laivos de agressividade. O público assiste em bancadas, mais ou menos efusivo consoante o lado da fronteira em que está.
A cerimónia tem a duração de 30 minutos e não vai querer perdê-la, pois vai constituir mais uma memória indelével deste percurso.

Regresso a Lahore e hoje jantamos no famoso restaurante “Haveli”, com vista para a bela Mesquita Badshahi.

Em transporte: 2 horas na cidade.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 15 Lahore

Hoje continuamos a nossa visita a alguns locais históricos de Lahore:

- Delhi Gate, uma das portas de entrada históricas da cidade de Lahore. Tem esta designação pois encontra-se virada na direção de Delhi, na altura a capital do império Mughal. Foi durante bastante tempo a entrada principal em Lahore.
- Caminhada fácil pelo bazar e ruas adjacentes para sentir o pulso à cidade.
- Mesquita Wazir Khan, construída no Séc. 17 e na tentativa de integrar a lista da UNESCO, é conhecida por ser a mais ornamentada do período do império Mughal.
- Mesquita Badashahi, mandada construir pelo Imperador Aurangzeb no Séc. 17, é a maior da era Mughal e a terceira maior do Paquistão. Constitui um importante exemplo da arquitetura Mughal.
- Shahi Qila, o Forte de Lahore, datado do séc.16, localiza-se no norte da cidade antiga e foi a residência do Imperador Ranji Singh, fundador do império Sikh.

Em transporte: meia hora, pois as visitas serão efetuadas maioritariamente a pé e em caminhadas fáceis.

Alojamento: Hotel 4*Refeições: Pequeno-almoço, Jantar
Conforto: Dificuldade:

Dia 16 Voo Lahore - cidade de origem

À hora marcada, transfere para o aeroporto para regresso à cidade de origem.

Chegada à cidade de origem, com a bagagem a transbordar de belíssimas memórias deste trajeto pelas montanhas e cidades do Paquistão.

Alojamento: XRefeições: X
Conforto: Dificuldade:

FAQs

Esta viagem é para mim?

Se gostas de te deslumbrar com paisagens grandiosas e conhecer a herança histórica de uma cultura, então esta viagem é para ti. Este percurso procura conciliar o aspeto mais aventureiro de viajar pelas grandes cordilheiras montanhosas do norte, as míticas Hindu Kush, Karakoram e Himalaias, com a descoberta cultural e histórica proporcionada por cidades como Islamabad, Peshawar ou Lahore. O Paquistão é sem dúvida um país complexo e por vezes incompreendido. Quando surge nas notícias raramente é pelas razões certas, como a suas paisagens arrebatadoras e a hospitalidade e simpatia dos seus povos. Começa no entanto a surgir como um destino emergente, procurado por viajantes curiosos e intrépidos, ávidos de experiências e culturas diferentes.

Quem será o guia desta viagem?

A viagem é liderada por Lisa Vaz, líder de viagens da Papa-Léguas e fotógrafa. No Paquistão o acompanhamento será efetuado por um guia local, que falará inglês.

Em que tipo de alojamentos fico nesta viagem?

Ficaremos num mix de hotéis de 3 e 4 estrelas (quartos duplos com casa de banho), e na montanha em hotéis mais simples, recentes e com boas instalações (quartos duplos com casa de banho).

Que tipo de transportes usamos nesta viagem?

Carrinha privada com ar condicionado e em jipes (parte do percurso de montanha).

Os transferes de chegada e partida estão incluídos?

Sim, os transferes de chegada e partida estão incluídos, se viajares no voo de grupo. Nesta viagem existe o voo de grupo, ou seja, existe uma hora especifica para a chegada e os transferes serão de acordo com a chegada desse voo. Quem optar por comprar voos diferentes, terá de estar no aeroporto à mesa hora para usufruir dos transferes.

A Papa-Léguas trata dos voos?

A Papa-Léguas envia-te uma proposta de voos. Depois de receberes a simulação dos voos, podes optar por comprar à Papa-Léguas, noutra agência ou online. Para esta viagem a Papa-Léguas estipula um “voo de grupo” e envia-te a simulação do mesmo. Podes comprar à Papa-Léguas, noutra agência ou online.

Onde me encontro com o grupo?

Na saida da ciade de origem ou no aeroporto à chegada a islamabad.

Se me inscrever sozinho/a, tenho que pagar suplemento individual?

Não necessariamente. Se não fizeres questão de ficar sozinho/a nos alojamentos, poderás partilha-los com outra pessoa inscrita. A Papa-Léguas poderá agrupar aos pares, por sexo e por ordem cronológica de inscrição, os viajantes que se inscreverem individualmente para a mesma viagem e, se o número de participantes for ímpar, o que ficar isolado deverá pagar o suplemento individual respetivo.

Posso beber água da torneira no Paquistão?

Aconselhamos a beber água engarrafada ou a encher o teu cantil em locais que os guias te indiquem como seguros.

Quanto dinheiro devo levar para os meus gastos pessoais?

Para as despesas de alimentação não especificada, recomendamos €15/dia. Não estão ainda incluídas as gratificações ao motorista e ao guia local. Esta viagem é em regime de meia pensão, estando assim incluído o pequeno-almoço e jantar, além das entradas em museus e monumentos/locais históricos.

No programa terra, está incluído um seguro?

A resposta é sim, está incluído. A exceção é para viajantes que não partam de solo nacional, sejam ou não titulares de nacionalidade portuguesa. Para obteres mais informações sobre as apólices disponíveis, consulta a nossa página sobre seguros de viagem

Que documentação é necessária para fazer esta viagem?

Passaporte com uma validade mínima de 6 meses a partir da data de saída do país. Os cidadãos portugueses necessitam visto para entrar no Paquistão - single entry (USD25 e válido por 30 dias). O visto pode ser obtido junto dos serviços consulares da Embaixada do Paquistão em Lisboa, ou eletronicamente (e-Visa) através do website oficial do Governo: https://visa.nadra.gov.pk/tourist-visit-visas/ A carta convite para apoio à obtenção do visto será emitida pelo operador local e enviada através da Papa-Léguas.

Que equipamento é imprescindível para fazer esta viagem?

O início do outono é excelente para efetuar este itinerário, embora iremos atravessar geografias muito diversas. Ainda estará agradável nas grandes cidades (Islamabad/Peshawar/Lahore) com alguma amplitude térmica (17ºC /31ºC). No norte, por outro lado, é expetável que as temperaturas oscilem entre os 4º e os 17ºC. E como parte do percurso é feito de jipe, deverás levar um bom corta-vento/blusão de penas leve, carapuço, e roupa que possas vestir/despir em camadas, versátil para calor e frio. Há ainda que ter presente, que nos encontramos num país predominantemente muçulmano, pelo que o vestuário deve ser discreto. Homens e mulheres não devem expor ombros e pernas em público e embora não obrigatório, as mulheres devem ter sempre à mão um lenço para cobrir o cabelo em mesquitas e outros locais sagrados, caso necessário. Teremos o nosso guia local para nos dar as indicações mais adequadas.

Há ligação à internet ou wifi durante toda a viagem?

É expetável que tenhas ligação à internet e wi-fi nos hóteis nos centros urbanos. Quando estivermos em viagem e sobretudo em montanha, será difícil.

Porque é que esta viagem é CLASSIC?

Estas são as viagens que conciliam o conforto a que já habituamos os nossos viajantes com experiencias memoráveis nos quatro cantos do planeta. Numa viagem de descoberta cultural no japão, acompanhado por um líder de viagem da Papa-Léguas, ou num trekking na Eslovénia, acompanhado de guias locais, as viagens CLASSIC são aqueles que proporcionam o melhor dos dois mundos – espírito de descoberta e aventura e uma boa cama ao fim do dia.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

GDPR